Consumo consciente de água: por que e como fazer

Share this

Você faz o consumo consciente de água? Ela é um bem finito e essencial para a saúde, higiene, produção de alimentos, geração de energia e muitas outras atividades humanas. No entanto, muitas pessoas ainda não têm acesso à água potável e sofrem com a escassez e a poluição desse recurso.

Além disso, apenas 1% da água do planeta Terra é potável. Isso significa que 97% da água é salgada e está nos oceanos e mares, e não serve para beber. E dos 3% de água doce que existem, somente 2,5% estão disponíveis para o consumo humano. O restante está congelado em geleiras e em calotas polares, sendo muito difícil de acessar.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância do consumo consciente de água para a natureza, economia e a sociedade. Também separamos algumas dicas de como economizar água no cotidiano e contribuir para a preservação desse recurso vital. Confira!

O que é o consumo consciente de água

O consumo consciente de água é a prática de usar a água racionalmente, sem desperdiçar ou contaminar esse recurso vital. Isso implica em mudar os nossos hábitos de consumo da água para assegurar a sua sustentabilidade para as gerações futuras.

Por que o consumo consciente de água é importante

O consumo consciente da água é importante por diversos motivos, dentre eles:

  • Garantir a disponibilidade da água para as gerações futuras: a água é um recurso finito e renovável, mas que pode se esgotar se não for usado de forma sustentável. O consumo consciente da água ajuda a preservar esse recurso para o futuro da humanidade;
  • proteger o meio ambiente: o desperdício de água pode causar danos ao meio ambiente, como a poluição dos rios e lagos, a redução dos lençóis freáticos e a alteração do ciclo hidrológico. O consumo consciente da água ajuda a minimizar esses impactos;
  • economia financeira: o consumo consciente da água pode ajudar a reduzir a conta de água, significando economia para o consumidor e para o poder público, que pode investir em outras áreas;
  • prevenção de conflitos: o consumo consciente de água ajuda a prevenir conflitos pelo acesso a esse recurso, que pode se tornar escasso em algumas regiões do mundo. A água é um direito humano e um bem comum, que deve ser compartilhado de forma justa e solidária.
  • promover a igualdade social: A água é um recurso essencial para a sobrevivência, mas nem todos têm acesso à água potável e segura. O consumo consciente da água ajuda a reduzir as desigualdades sociais, garantindo que todos tenham acesso a esse recurso essencial.

Quais as atividades que mais consomem água no Brasil

Segundo a Agência Brasil, as atividades que mais consomem água no Brasil são:

  • Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, com 77,6% do total. Esse setor é responsável pelo consumo de água para irrigação, criação de animais, produção de alimentos, entre outros.
  • Indústria de transformação e construção, com 11,3%. Esse setor é responsável pelo consumo de água para produção de bens e serviços, como geração de energia, fabricação de produtos químicos, construção civil, entre outros.
  • Água e esgoto, com 7,4%. Esse setor é responsável pelo consumo de água para distribuição de água tratada e coleta de esgoto.

Medidas de consumo consciente de água

Ter um consumo consciente de água implica em mudar os nossos hábitos para assegurar a sua sustentabilidade para as gerações futuras. Algumas práticas aplicáveis no dia a dia são:

Fechar a torneira ao escovar os dentes ou fazer a barba

Uma torneira aberta pode gastar até 12 litros de água por minuto. Se fechada durante a escovação dos dentes ou o barbear, pode-se economizar cerca de 3 litros de água por pessoa. Isso significa uma economia de 108 litros por mês para uma família de quatro pessoas.

Tomar banhos rápidos e com o chuveiro regulado

Um banho de 15 minutos com o chuveiro aberto consome cerca de 135 litros de água. Se o tempo for reduzido para 5 minutos, o consumo cai para 45 litros. Além disso, é importante regular o chuveiro para evitar que a água saia muito quente ou muito fria, aumentando o gasto de energia elétrica.

Usar a máquina de lavar roupas somente quando estiver cheia

A máquina de lavar roupas é um dos eletrodomésticos que mais consomem água em uma residência. Uma lavagem pode gastar até 150 litros de água, dependendo do modelo e da capacidade da máquina. Por isso, é recomendável usar a máquina somente quando estiver cheia, e preferir os programas de lavagem mais econômicos.

Reaproveitar a água da chuva ou da máquina de lavar roupas

A água da chuva ou da máquina de lavar roupas pode ser reaproveitada para fins não potáveis, como:

  • aguar plantas;
  • lavar o carro;
  • quintal ou calçada.

Para isso, é preciso armazenar a água em recipientes limpos e tampados, e usar produtos biodegradáveis na lavagem das roupas. Essa prática pode reduzir o consumo de água potável em até 50%.

Como vimos ao longo do texto, a água é essencial para a vida no planeta, mas também é limitada e escassa. Diante desse cenário, é fundamental que adotemos o consumo consciente de água. Assim, estaremos cuidando do meio ambiente e garantindo que as futuras gerações possam ter um planeta habitável e saudável.

Se você gostou deste texto, confira também o artigo do nosso blog Quantas crianças e adolescentes não têm acesso à água?, onde você encontrará mais dados e informações sobre essa questão tão importante.

Apoie a Habitat Brasil e contribua para manter nossos projetos em andamento, que visam transformar vidas por meio da moradia digna, saneamento básico e água potável para todos. Sua doação é essencial para garantir direitos fundamentais e proporcionar uma vida saudável e digna para milhares de pessoas. Juntos, podemos fazer a diferença, faça uma doação hoje!