Nota: Pela defesa dos direitos humanos e da democracia

Share this

Ao longo da história do Brasil e de outros países do mundo, o trabalho das organizações não governamentais (ONGs) tem reconhecidamente contribuído para avanços em diversas áreas, numa perspectiva de inclusão, proteção e fortalecimento de relações mais justas. No Brasil, diversas ONGs surgem durante o processo de redemocratização do país e passam a atuar amplamente na incidência política para que o Estado Brasileiro amplie suas instancias democráticas e reconheça e efetive os direitos sociais previstos na constituição.

Compreendemos que, mesmo insuficientes, os avanços que o Brasil alcançou na garantia de direitos básicos para a população foram frutos da organização e luta de ONGs, movimentos sociais e outra organizações representativas da população. Nesse sentido, torna-se fundamental assegurar o respeito às diversas formas de organização e atuação da sociedade, bem como ampliar as instâncias democráticas e as políticas públicas que promovem um padrão de vida adequado à população brasileira. Apenas com uma democracia forte e direitos garantidos, conseguiremos superar os problemas gerados pelas desigualdades socioeconômicas do Brasil.

Habitat para a Humanidade Brasil, como ONG com atuação de 26 anos na defesa dos direitos preconizados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, em especial o direito à moradia, tem zelado pela transparência e a ética na sua ação cotidiana. Reafirmamos nossos valores de respeito às diferenças e à democracia, ao mesmo tempo em que reforçamos o nosso compromisso em continuar trabalhando pelos mais vulneráveis.