1º Encontro da Coletiva de Mulheres pelo Direito à Cidade reúne mais de 50 mulheres

Share this

Aconteceu essa semana, entre os dias 8 e 10 de novembro de 2023, em São Paulo, o 1º Encontro Nacional da Coletiva de Mulheres pelo Direito à Cidade. 

Com o tema “A cidade é uma mulher negra”, o encontro contou com a participação de mais de 50 mulheres das 5 regiões do Brasil, representando os mais diversos movimentos de luta pelo direito à cidade.

Na mesa de abertura, Auta Azevedo, da Habitat para a Humanidade Brasil, e Rosa Marques, da Rede de Mulheres Negras do Nordeste e de Pernambuco, fizeram uma análise de conjuntura e convidaram a todas a discutir sobre os principais desafios vivenciados pelas mulheres, especialmente as mulheres negras, ao ocuparem as cidades. O encontro seguiu com a construção de estratégias a partir de 5 temas prioritários: organização, sustentabilidade, comunicação, formação e incidência.

Esse encontro presencial foi um marco para a Coletiva, que busca agora ampliar sua atuação e construir coletivamente com cada vez mais mulheres, protagonistas da luta por direitos fundamentais em seus territórios. Seguimos juntas na construção de cidades justas, inclusivas e democráticas!

A realização do encontro é da Coletiva de Mulheres pelo Direito à Cidade, com apoio do Fórum Nacional de Reforma Urbana (FNRU), Habitat para a Humanidade Brasil, CDES Direitos Humanos, Instituto Pólis, Fundo Brasil, Cese Direitos e União Europeia. 

– Essa atividade faz parte do projeto do Fórum Nacional de Reforma Urbana, com apoio da União Europeia, que tem foco nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e o Direito à Cidade, com o objetivo de ampliar e fortalecer as alianças e a ação política pelo Direito à Cidade, empoderando mulheres e fortalecendo atores sociais e OSCs, para que possam promover o controle social das políticas públicas e fomentar a gestão democrática das cidades, contribuindo com a implementação dos ODS no país.