Os comentários são Desativado

Dia Internacional da Luta das Mulheres

Habitat para a Humanidade Brasil celebra o Dia da Mulher compartilhando histórias de luta e transformação

Apesar da romantização que envolve o 8 de março, não é com flores que se comemora esse dia, e, sim, com muita luta. Instituído em 1977 pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Internacional da Mulher é marcado por uma série de episódios que começaram muito antes, em meados do século XIX, e representam a luta de milhares de mulheres por igualdade, justiça, reconhecimento e respeito.

Neste dia, queremos compartilhar a história e vivência de mulheres ao redor do mundo que, além de lutarem pelo seu lugar na sociedade, ainda enfrentam o desafio de viver em situação de vulnerabilidade social e ter seu direito a uma moradia digna negado todos os dias. A maioria dessas mulheres, hoje, chefia seus próprios lares, sendo as únicas responsáveis por sustentar sua família. E ainda encontram forças para construir sua nova casa com a Habitat para a Humanidade Brasil.

A realidade hoje

Muito tempo se passou desde a greve das trabalhadoras russas por melhores condições de vida e trabalho. Mais ainda, desde o incêndio em uma fábrica de Nova York que matou centenas de mulheres, que protestavam por jornadas justas de trabalho e igualdade salarial. Desde então, a pauta feminista e o empoderamento de meninas e mulheres ganharam, cada vez mais, espaço na mídia mundial. Mas, ainda sim, grande parte de seus direitos lhe são negados todos os dias e a mulher – negra, principalmente – continua ocupando a base da pirâmide da nossa sociedade.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), entre 1995 e 2015, passou de 23% para 40% o número de lares brasileiros que contam com mulheres chefes de família. Essa realidade está presente dentro das favelas também. Das mais de 700 casas construídas e reformadas pela Habitat em 2017, mais de 50% eram chefiadas por mulheres. Mas esse avanço não acompanhou outros aspectos: as mulheres continuam trabalhando mais e ganhando menos.

Continue lendo >>

A Luta é Delas

No dia 8 de março, a Habitat quer ampliar as vozes dessas mulheres. Reunimos histórias de vida de mais de 20 mulheres de 15 países diferentes, como Brasil, Estados Unidos, Malawi, Lesoto, Indonésia, Nepal, Camboja, Índia, Argentina, México, entre outros. Todas essas mulheres deixaram a sua marca na trajetória da Habitat para a Humanidade. Acompanhe essas histórias pela nossa página no Facebook e compartilhe!

DOE E TRANSFORME A VIDA DESSAS MULHERES

Você também pode gostar
A luta da mulher no mundo
Joselandia: uma mãe que transformou a luta em alegria