Habitat para a Humanidade e Bloomberg apoiarão 30 reformas no Brasil

Moradores de Heliópolis terão casas reformadas por funcionários da Bloomberg e equipe da Habitat para a Humanidade

Nova Iorque e São Paulo, 03 de agosto de 2017 – Funcionários da Bloomberg, líder global em informações e notícias financeiras e negócios, se juntarão à Habitat para a Humanidade Brasil para reformar lares em Heliópolis. A comunidade, localizada na região sul da cidade de São Paulo, é considerada uma das maiores favelas do Brasil.

A construção é o mais recente projeto entre a Bloomberg e a Habitat para a Humanidade, que trabalham juntas desde 1996 para prover habitação adequada a diversas famílias ao redor do mundo. No ano passado, mais de 400 voluntários da Bloomberg participaram de projetos da Habitat para a Humanidade em 14 países diferentes. Funcionários da Bloomberg também investiram um total de 2.780 horas de voluntariado para ajudar na construção e restauração de lares saudáveis e estáveis.

No Brasil, desde 2011, a Bloomberg apoiou 134 reformas, que beneficaram mais de 700 pessoas. Este ano, 75 voluntários da Bloomberg trabalharão em três projetos, incluindo o que acontecerá em 05 de agosto, que beneficiará 30 famílias na Heliópolis, que tem 70 mil moradores em 18 mil lares.

“Temos a missão de incentivar as pessoas a construírem, em um esforço conjunto, casas, comunidades e esperança. Acreditamos que todos têm o direito de viver melhor e que todos podem ajudar. Por isso, promovemos estas ações com as famílias, empresas e voluntários”, afirmou Carla da Nóbrega, diretora de Mobilização de Recursos e Comunicação do Escritório de Inovações Urbanas da Habitat para a Humanidade Brasil.

Geraldo Coelho, líder de vendas da Bloomberg para a América do Sul, disse: “filantropia e serviços são parte integrais das nossa cultura. Funcionários da Bloomberg continuam oferecendo seu tempo para beneficiar comunidades locais e melhorar a qualidade de vida.  Habitação é um pilar muito importante da saúde pública”.

Segundo o Ministério da Saúde, 72,1% das faltas de crianças na escola, que comprometem o rendimento escolar, são causadas por problemas de saúde. Além disso, 43,2% dos alunos que não realizam a lição de casa em um ambiente adequado, apresentam piores desempenhos nos estudos.

A Habitat Brasil reforça que o acesso à moradia é um direito humano básico e fundamental garantido pela ONU, essencial para a conquista de outros direitos. No Brasil, porém, 6,5 milhões de pessoas não têm uma casa para morar, segundo o Censo Demográfico de 2010. Além disso, segundo a Fundação João Pinheiro, 15,5 milhões de moradias no país são consideradas inadequadas.

Voluntários da Bloomberg em construções com a Habitat Brasil em Heliópolis

 

Você também pode gostar
Ciclo de Diálogos: 25 anos Habitat Brasil
Clipping – Rádio Gazeta AM: “Ajuda a quem não tem onde morar”
25 anos – O início de tudo: a chegada da Habitat no Brasil
habitat-brasil-socorro
Conselho Nacional das Cidades em risco

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.